Fernanda Abreu
Garota Sangue Bom

Antes da carreira solo, a cantora fez parte da banda Blitz, um dos maiores fenômenos do pop-rock brasileiro da década de 80, e com a qual gravou três discos: "As Aventuras da Blitz" (1982), "Radioatividade" (1983) e "Blitz 3" (1984).
Fernanda Sampaio de Lacerda Abreu, ou simplesmente Fernanda Abreu, nasceu no dia 8 de setembro de 1961 no Rio de Janeiro.
Filha de mãe brasileira e pai português, a cantora cresceu numa família de classe média alta da Zona Sul do Rio, e teve uma infância igual à da maioria das crianças da sua idade. Entrou para o ballet aos nove anos, por recomendação do médico ortopedista e, a partir daí, Fernanda começou a desenvolver as suas aptidões artísticas. Para além das técnicas de dança, foi lá que aprendeu qualidades como a disciplina, determinação, concentração, auto-exigência e humildade.
Também nesse momento começou a participar, em conjunto com o irmão, de festivais de música da escola, sempre com o apoio dos pais. Aos dezoito anos, candidatou-se aos cursos de Arquitetura e Sociologia, e acabou por optar pelo primeiro porque gostava de desenho. No entanto, a matemática levou-a a trocar a arquitetura pela sociologia seis meses depois.
Freqüentou o curso durante três anos, e ao fim desse tempo entrou para a Blitz, onde permaneceu durante cinco anos, época em que conheceu Luiz Stein, com quem veio a se casar em maio de 1983.
Em 1986, quando a banda se dissolveu, Fernanda começou a pensar em sua carreira solo, retomando as aulas de guitarra acústica e de canto. Três anos depois, e já com algumas composições em carteira, a cantora encontrou Herbert Vianna dos Paralamas do Sucesso, e juntos gravaram a sua primeira maqueta. Também em 1989, formou uma banda de funk, com um repertório disco sound, juntamente com Fausto Fawcett, Laufer e Sergio Mekler.
O seu primeiro álbum solo seguiu essa mesma linha sonora. Intitulado "Sla Radical Disco Dance Club", o registro foi editado em 1990, e nele foi incluído o single "A Noite". Dois anos depois, chegou às lojas "Sla 2 - Be Sample", e com este trabalho, tornou-se uma das artistas da música brasileira pioneiras na utilização do samples como recurso de composição. "Rio 40 Graus" foi a faixa em que se apoiou a promoção do álbum, e a mesma que fez decolar sua carreira.
"Da Lata" (1992) foi o disco que se seguiu, e apesar de ter conservado os ritmos dançantes, abandonou de certa forma a onda da música de dança, prestigiando mais os universos do soul e do funk, com os temas "Veneno da lata", "Garota Sangue Bom" e "Brasil É o País do Suíngue", bons exemplos ilustrativos da mudança. Também em 1992, no dia 14 de Junho, nasceu a filha de Fernanda e Luiz Stein, chamada Sofia.
Depois de "Raio X - Fernanda Abreu Revista e Ampliada" (1997), chegou às lojas em 2000, o álbum "Entidade Urbana", que a cantora apresentou ao vivo em Janeiro de 2001 no ‘Festival Rock in Rio’.
Em 2004 lançou seu novo trabalho em CD “Na Paz”, e em 2006 desponta novamente com o CD e o DVD “MTV Ao Vivo". Em fevereiro de 2008, Fernanda Abreu e DJ Malboro se apresentam em mais uma edição do projeto "Verão do Morro", no Morro da Urca, no Rio de Janeiro.
Atualmente, a cantora promove seu primeiro DVD com um repertório de sucessos como "Garota Carioca" e "Baile da Pesada", entre outros.

Site oficial

Adaptação (06/08)

© 2017 Rockwalk Brasil®
WP       XHTML       CSS
A Calçada da Fama do Rock

       0

» Categoria "Músico"



» Categoria "Especial"



» Categoria "In Memoriam"