Publicado em 23/07/2008

Às vésperas de completar 75 anos, Serguei, ou Sérgio Augusto Bustamante, quase que um “folclore” do Rock nacional, finalmente seria reconhecido pelo relevante trabalho realizado em pról do Rock brasileiro ao ser convidado a integrar o “Rock Hall da Fama” ao lado dos maiores ícones da Música nacional. E assim, Serguei recebe a equipe da RockWalk Brasil em sua casa de Saquarema, Rio, mais conhecida como “Templo do Rock”, local onde reside e também disponibiliza à visitação.

Já se aproximaria do meio-dia da terça-feira 22 de julho de 2008, quando a trupe da RockWalk Brasil estaciona em frente ao famoso Museu-residência-do Rock. Sob o comando do cantor Serguei, controvertido e ‘indefinível’ artista brasileiro, a casa funciona como um ponto turístico da pequena cidade a cerca de 120 Km do Rio.

Serguei teria vivido sua juventude em Long Island, USA, onde participa de festivais estudantis, e, de volta ao Brasil em 1955, trabalharia como bancário e comissário de bordo em Cias aéreas. Ao visitar o famoso Festival de Woodstock em 1969, o cantor afirma ter conhecido a cantora americana Janis Joplin, em Long Island. Serguei então ficaria nacionalmente conhecido porque teria tido um affair com Janis Joplin, que, incógnita, estaria de passagem na época pelo Brasil.

O “Divino do Rock”, como gosta de ser chamado, conquistaria fã-clubes cativos e seu lugar na história do rock brasileiro, e, sob o mesmo perfil irreverente de sempre, afirma não ter sexo definido e jamais ter usado qualquer tipo de drogas ou bebidas alcoólicas. Emocionado com o convite para participar da RockWalk Brasil, grava sua placa com a inscrição “Don´t kill your emotions” (Não mate suas emoções).



© 2017 Rockwalk Brasil®
WP       XHTML       CSS
A Calçada da Fama do Rock

       0

» Categoria "Músico"



» Categoria "Especial"



» Categoria "In Memoriam"